Sils

Sils

Entre os lagos Sils e Silvaplana encontra-se a porta de entrada para o romântico e idílico Vale Fex. Com apenas 700 habitantes, Sils apresenta-se de forma introspetiva, familiar e acolhedora. Além de a natureza proporcionar um espetáculo tremendo, as ofertas culturais também são de alto nível.

Compartilhe conteúdo

Obrigado pela classificação
Escritores, pintores e músicos como Nietzsche, Beuys e David Bowie deixaram-se inspirar pelas fantásticas paisagens e pela luz mágica e contribuíram para a imagem que Sils possui atualmente enquanto local de cultura em Engadina. Este facto foi enfatizado por eventos de renome, pela Biblioteca Engiadinaisa, pelo museu Robbi ou pela casa de Nietzsche.

Os habitantes locais e os visitantes de todo o mundo consideram Sils um local de energia e força. Aqui foram medidos valores "Bovis" especialmente elevados. As melhores pré-condições para carregar baterias para o dia a dia.

  • Museu Segantini – dedicado ao pintor Giovanni Segantini que passou os últimos cinco anos da sua vida em Engadina.

  • Dias dedicados a Hesse de Sils – palestras acerca da vida e obra do célebre escritor (junho)
  • Dias dedicados à Arte e Literatura de Sils – concertos, conferências, projeção de filmes, palestras e passeios culturais para retratar a vida de personalidades de renome de Engadina (agosto)
  • Colóquio sobre Nietzsche – conferências, grupos de trabalho, debates e contribuições artísticas sobre os talentosos e célebres filósofos (setembro)

Selecione uma visão diferente para os seus resultados: