Madulain

Grisões

Quem procura tranquilidade e refúgio encontra em Madulain um verdadeiro oásis. A mais pequena freguesia de Oberengadin conta apenas com cerca de 200 habitantes e tem muito encanto graças às típicas casas de Engadin e a um quotidiano românico muito bem tratado.

Compartilhe conteúdo

Obrigado pela classificação

Madulain situa-se idilicamente às margens do rio Inn, afastado do mundo e exposto ao sol. Embora a aldeia tenha ar um pouco reservado, sabe impressionar a municipalidade com a sua apresentação: por exemplo com a ruína Guardaval do século XIII, o maior complexo de castelos de Oberengadin.

Verão

Patinadores em linha, praticantes de bicicleta de montanha, cavaleiros e caminhantes são amimados com rotas muito variadas. Ou com uma experiência alpina inesquecível na lendária cabana Es-cha: ela levanta-se altiva aos pés do Piz Kesch, bronzeada pelo sol e com imponente vista. Nesta região encontram-se alguns dos mais belos caminhos. Segundo os registos do livro de hóspedes, ela cumpre perfeitamente com a promessa de – «Abrigo da tempestade».

Destaques

  • Museu Segantini – dedicado ao pintor Giovanni Segantini, que passou os últimos cinco anos da sua vida em Engadina.

Selecione uma visão diferente para os seus resultados: