Morges

Região do Lago Genebra

Morges, a pequena cidade à beira do Lago de Genebra, próximo a Lausanne, reúne museus e pontos turísticos interessantes, além de uma série de passeios em suas imediações. Os vinhedos de La Côte merecem atenção especial, assim como os vilarejos de Rolle, Aubonne, Vufflens-le-Château, St. Prex, St. Sulpice e suas igrejas românicas.

Compartilhe conteúdo

Obrigado pela classificação

A região de La Côte estende-se desde Morges até Nyon e sua paisagem montanhosa, entre o Jura e o lago de Genebra, é hoje uma das maiores áreas produtoras de vinho da Suíça. Particularmente entre Aubonne e Rolle, há diversos vilarejos produtores de vinhos típicos, como Féchy.
Morges já foi um importante centro comercial e, por esta razão, um porto – que hoje serve como marina para iates – foi construído no final do século 17. O passeio ao longo da margem do lago de Morges vai desde o castelo até o Parque Vertou e oferece uma vista fantástica do lago e de Alpes de Savoy.
O Castelo de Morges Castle, construído em 1286 por Ludwig de Savoy, concentra vários museus militares, como o Museu de Figuras Históricas de Estanho, com 10 mil estátuas. O Museu Forel Alexis abriga uma coleção de bonecas e brinquedos, bem como um conjunto mobiliário dos séculos 16 ao 19. O Museu Paderewski é dedicado ao património musical do estadista e pianista polonês Ignacy Jan Paderewski.
A linha ferroviária Bière-Apples-Morges transporta seus passageiros da cidade para o campo – região que pode ser explorada a pé ou de bicicleta. Várias trilhas levam a vinhedos e florestas. E um popular parque de lazer, com uma variedade imensa de atrações, foi instalado em Signal de Bougy, colina acima dos vinhedos de Mont-sur-Rolle e Féchy.
Os vilarejos Rolle, Aubonne, Vufflens-le-Château, St. Prex, St. Sulpice e suas igrejas românicas também valem a visita.
Serviços regulares de navegação, como barcos a vapor, fazem o traslado regular a partir de pontos de embarque ao longo da borda suíça e francesa. É possível, ainda, explorar a paisagem do Lago de Genebra em viagens especiais a bordo de uma galé, uma réplica de um original do século 17.

Destaques

Cidade Antiga – A Grand-Rue de Morges, com acesso proibido de carros, é um local perfeito para compras: além de lojinhas, há um mercado com produtos locais às quartas-feiras e sábados. O calçadão à beira do lago oferece uma vista fantástica da paisagem e dos Alpes de Savoy.

Castelo Dde Morges – Abriga quatro museus: o Museu Vaud Militar, o Museu Suíço de Figuras Históricas de Estanho, o Museu de Artilharia e o Museu da Polícia de Vaud.

Museu Alexis Forel – A casa histórica com salões decorados guarda obras de arte, bonecas e brinquedos.

Museu Paderewski – Reúne móveis, objetos e arquivos do pianista e estadista polonês Ignacy Jan Paderewski.

Estrada do Vinho – Morges, a capital do vinho de Vaud, é o mais importante produtor do cantão. Ao longo da Estrada do Vinho La Côte, os visitantes encontram informações sobre os postos de trabalho e os produtos da indústria do vinho.

City Golf – A mistura de minigolfe e Swin-golfe é a maneira ideal para grupos e famílias descobrem a cidade.

Fundação Bolle – Exposição iconográfica com mais de 4.500 gravuras, cartões postais e fotografias. Uma mostra especial homenageia a atriz Audrey Hepburn, que viveu por 30 anos na vizinha Tolochenaz.

Principais Eventos

Festival da Tulipa - Uma vez por ano, Morges se torna a capital das tulipas e seu parque se cobre de tulipas, narcisos e jacintos (Abril / Maio).
Jardim de Íris e Lírios do Castelo de Vuillerens – Ao menos 300 tipos de íris (Maio/ Junho) e lírios (Julho/ Agosto) florescem em uma área de mais de 200 hectares.
Morges-sous-Rire - Festival de comédia da Suíça Ocidental em Morges (Junho).

Selecione uma visão diferente para os seus resultados: