Os Castelos de Bellinzona

Bellinzona

Cyclists at the Castelgrande in Bellinzona, Ticino

Cyclists at the Castelgrande in Bellinzona, Ticino

Bellinzona: Giubiasco Richtung 3 Castelli di

Bellinzona: Giubiasco Richtung 3 Castelli di

Bellinzona: UNESCO-Castelgrande in

Bellinzona: UNESCO-Castelgrande in

Com seus castelos, muralhas, torres, ameias e portões, esta impressionante fortaleza é uma fonte de admiração e perplexidade.

Compartilhe conteúdo

Obrigado pela classificação
Em tempos passados, os castelos medievais de Castelgrande, Castello Montebello e Castello Sasso Corbaro protegiam a cidade que agora adornam. Hoje apenas vestígios permanecem da muralha que outrora cercava Bellinzona. Essa cidade constituía importante linha de defesa para os antigos romanos, e a primeira referência escrita a ela remonta ao ano 590.

O Castelgrande, também conhecido como Castello di San Michele ou Burg Uri, é o mais antigo desses castelos, todos datados do século XIII. Duas torres, a Torre Nera (28 metros) e a Torre Bianca (27 metros), dominam o centro histórico de Bellinzona. O Museu Arqueológico e o Museu de Arte estão localizados no Castelgrande.

O Castello Montebello, também conhecido como Schwyz ou San Martino, assim como o castelo mais elevado, Sasso Corbaro – um dia conhecido como Unterwalden ou Santa Bárbara – estão entre os mais bem preservados castelos medievais da Suíça e dos sítios de Patrimônio Cultural da Unesco.

Recomendado por Sebalter

Sebalter

No ano 2000, os três castelos de Bellinzona e suas fortificações foram incluídos na lista do Patrimônio Mundial da Unesco e já não era sem tempo! Eu caminho frequentemente pelas ruas medievais e imagino como soldados em cavalos andavam por essas vielas, ou imagino como as damas em lindos trajes, do alto dos castelos, assistiam à performance dos trovadores.

Mais informações

Selecione uma visão diferente para os seus resultados: