Neuchâtel

Neuchâtel, chamada de Neuenburg em alemão, possui um rico passado cultural e arquitetônico. O Castelo e a Igreja Colegiada (construída em estilo gótico na Idade Média como Igreja Reformada), ambos vistos à distância, são marcos da cidade. mais

Chillon

Biel - Bienne

A cidade de Biel, metrópole da relojoaria suíça, encontra-se na extremidade oriental do Lago Biel, ao sopé do Jura, na encantadora Região do Lago.... mais

Biel - Bienne
Art Basel

Art Basel

18.-21.06.2015 mais

Neuchâtel

Neuchâtel, chamada de Neuenburg em alemão, possui um rico passado cultural e arquitetônico. O Castelo e a Igreja Colegiada (construída em estilo gótico na Idade Média como Igreja Reformada), ambos vistos à distância, são marcos da cidade.

Neuchâtel, chamada de Neuenburg em alemão, possui um rico passado cultural e arquitetônico. O Castelo e a Igreja Colegiada (construída em estilo gótico na Idade Média como Igreja Reformada), ambos vistos à distância, são marcos da cidade.

Biel - Bienne

A cidade de Biel, metrópole da relojoaria suíça, encontra-se na extremidade oriental do Lago Biel, ao sopé do Jura, na encantadora Região do Lago. O charme de seu bilinguismo, a preservação intacta de seu centro histórico e sua localização como porta de entrada para os três lagos periféricos do Jura (Lagos Biel, Neuchâtel e Murten) fazem da cidade um atraente ponto de partida e também um ótimo destino de passeios.

A cidade de Biel, metrópole da relojoaria suíça, encontra-se na extremidade oriental do Lago Biel, ao sopé do Jura, na encantadora Região do Lago. O charme de seu bilinguismo, a preservação intacta de seu centro histórico e sua localização como porta de entrada para os três lagos periféricos do Jura (Lagos Biel, Neuchâtel e Murten) fazem da cidade um atraente ponto de partida e também um ótimo destino de passeios.

Art Basel

18.-21.06.2015

There's one favourite destination for art lovers from around the world: Art Basel, the most prestigious international art fair. For the New York Times it's the "Olympics of art world", for the parisian daily Le Monde it's "The best of the world", for the Frankfurter Allgemeine Zeitung it's "Art in its best form" and Vogue calls it "the most beautiful temporary museum of the world".