Drei Weieren

The Drei Weieren (three ponds) on the slopes of the Freudenberg form a suburban recreation area with a total of five man-made ponds. mais

Chillon

Bellinzona

Bellinzona (Bellenz em alemão) fica estrategicamente posicionada onde o vale se estreita na entrada sul, levando aos passos alpinos de São Gotardo,... mais

Bellinzona
Os Moinhos das Cavernas do

Os Moinhos das Cavernas do "Col des...

Se córregos e rios correm lentamente acima do solo, é quase impossível explorar sua energia hidrelétrica. Por isso os habitantes do vale de Le... mais

Drei Weieren

The Drei Weieren (three ponds) on the slopes of the Freudenberg form a suburban recreation area with a total of five man-made ponds.

Drei Weieren (Three Ponds) are an oasis of peace in the middle of the city. The ponds, which were originally built by the monastery for their water needs with their art nouveau bath houses, are a popular destination for outings and as swimming spot.

Bellinzona

Bellinzona (Bellenz em alemão) fica estrategicamente posicionada onde o vale se estreita na entrada sul, levando aos passos alpinos de São Gotardo, São Bernardino e Lucomagno, sendo provavelmente a cidade mais italiana da Suíça. A linha do horizonte da capital do Ticino é composta por três dos mais bem-preservados castelos medievais da Suíça, todos figurando como Patrimônio da Humanidade da UNESCO.

Bellinzona (Bellenz em alemão) fica estrategicamente posicionada onde o vale se estreita na entrada sul, levando aos passos alpinos de São Gotardo, São Bernardino e Lucomagno, sendo provavelmente a cidade mais italiana da Suíça. A linha do horizonte da capital do Ticino é composta por três dos mais bem-preservados castelos medievais da Suíça, todos figurando como Patrimônio da Humanidade da UNESCO.

Os Moinhos das Cavernas do "Col des Roches"

Se córregos e rios correm lentamente acima do solo, é quase impossível explorar sua energia hidrelétrica. Por isso os habitantes do vale de Le Locle começaram a usar correntes subterrâneas. Foi assim que surgiram os moinhos de caverna do "Col des Roches".

Se córregos e rios correm lentamente acima do solo, é quase impossível explorar sua energia hidrelétrica. Por isso os habitantes do vale de Le Locle começaram a usar correntes subterrâneas. Foi assim que surgiram os moinhos de caverna do "Col des Roches".