Verzasca – Bungee Jump de 007 - Golden Eye

Segundo pesquisas mundiais, foi a melhor cena com dublê da história do cinema: o salto de Bond da barragem Verzasca, de 220 metros de altura, no filme "GoldenEye". E o pico de adrenalina proporcionado no Lago di Vogorno também é chamado de "salto 007" ou "Bungee Jump GoldenEye". mais

Chillon

Bem no meio da Suíça

Onde fica o meio da Suíça? O Escritório Federal de Topografia Nacional, Swisstopo, usou versões digitalizadas das fronteiras nacionais suíças para... mais

Bem no meio da Suíça
Patrimônio vivo: patois, carnaval e vestimentas nacionais

Patrimônio vivo: patois, carnaval e...

O dialeto falado no Val d'Hérens é bastante carregado. Em dias de festa e gala, os habitantes vestem roupas tradicionais com brilhantes cachecóis e... mais

Verzasca – Bungee Jump de 007 - Golden Eye

Segundo pesquisas mundiais, foi a melhor cena com dublê da história do cinema: o salto de Bond da barragem Verzasca, de 220 metros de altura, no filme "GoldenEye". E o pico de adrenalina proporcionado no Lago di Vogorno também é chamado de "salto 007" ou "Bungee Jump GoldenEye".

Segundo pesquisas mundiais, foi a melhor cena com dublê da história do cinema: o salto de Bond da barragem Verzasca, de 220 metros de altura, no filme "GoldenEye". E o pico de adrenalina proporcionado no Lago di Vogorno também é chamado de "salto 007" ou "Bungee Jump GoldenEye".

Verzasca – Bungee Jump de 007 - Golden Eye
Mapa detalhado

Bem no meio da Suíça

Onde fica o meio da Suíça? O Escritório Federal de Topografia Nacional, Swisstopo, usou versões digitalizadas das fronteiras nacionais suíças para calcular o centro de gravidade (ponto médio) do país. Ele fica perto do Älggi Alp, na Kleine Melchtal, em Obwalden.

Onde fica o meio da Suíça? O Escritório Federal de Topografia Nacional, Swisstopo, usou versões digitalizadas das fronteiras nacionais suíças para calcular o centro de gravidade (ponto médio) do país. Ele fica perto do Älggi Alp, na Kleine Melchtal, em Obwalden.

Bem no meio da Suíça
Mapa detalhado

Patrimônio vivo: patois, carnaval e vestimentas nacionais

O dialeto falado no Val d'Hérens é bastante carregado. Em dias de festa e gala, os habitantes vestem roupas tradicionais com brilhantes cachecóis e aventais de veludo e seda. No dia 6 de janeiro, os sinos dobram, anunciando o início do Carnaval; o "Carnaval d'Hérens" é famoso por seus "Peluches" (máscaras de madeira) trazendo o semblante de raposas, gatos e lobos. Aqueles usando as máscaras misturam-se aos espectadores e fazem todos os tipos de traquinagens.

O dialeto falado no Val d'Hérens é bastante carregado. Em dias de festa e gala, os habitantes vestem roupas tradicionais com brilhantes cachecóis e aventais de veludo e seda. No dia 6 de janeiro, os sinos dobram, anunciando o início do Carnaval; o "Carnaval d'Hérens" é famoso por seus "Peluches" (máscaras de madeira) trazendo o semblante de raposas, gatos e lobos. Aqueles usando as máscaras misturam-se aos espectadores e fazem todos os tipos de traquinagens.

Patrimônio vivo: patois, carnaval e vestimentas nacionais
Mapa detalhado