Cataratas do Reno – Quedas d’Água Espetaculares

Ficar no alto da maior cachoeira da Europa, sentindo o barulho e as vibrações da água sobre o corpo inteiro – isso pode ser vivenciado nas Cataratas do Reno, perto de Schaffhausen. De barco, é possível ir a castelos, à Bacia das Cataratas do Reno e até a imponente rocha no meio da cachoeira. mais

Chillon

Museu Rietberg – Buda e o Príncipe Maia

São três casarões históricos em Zurique, num parque de 67.000 metros quadrados, onde no centro há um Buda, sereno em seu repouso. Mas não é só... mais

Museu Rietberg – Buda e o Príncipe Maia
Lago Genebra

Lago Genebra

Os celtas chamavam o Lago Genebra (ou Lago Léman) de "Água Grande" – "Lem an" –, e por isso até hoje ele é assim chamado, em francês, de "Lac... mais

Cataratas do Reno – Quedas d’Água Espetaculares

Ficar no alto da maior cachoeira da Europa, sentindo o barulho e as vibrações da água sobre o corpo inteiro – isso pode ser vivenciado nas Cataratas do Reno, perto de Schaffhausen. De barco, é possível ir a castelos, à Bacia das Cataratas do Reno e até a imponente rocha no meio da cachoeira.

Ficar no alto da maior cachoeira da Europa, sentindo o barulho e as vibrações da água sobre o corpo inteiro – isso pode ser vivenciado nas Cataratas do Reno, perto de Schaffhausen. De barco, é possível ir a castelos, à Bacia das Cataratas do Reno e até a imponente rocha no meio da cachoeira.

Museu Rietberg – Buda e o Príncipe Maia

São três casarões históricos em Zurique, num parque de 67.000 metros quadrados, onde no centro há um Buda, sereno em seu repouso. Mas não é só isso. A coleção de renome internacional do Museu de Arte de Rietberg também exibe artes não-europeias, provenientes de quatro continentes.

São três casarões históricos em Zurique, num parque de 67.000 metros quadrados, onde no centro há um Buda, sereno em seu repouso. Mas não é só isso. A coleção de renome internacional do Museu de Arte de Rietberg também exibe artes não-europeias, provenientes de quatro continentes.

Lago Genebra

Os celtas chamavam o Lago Genebra (ou Lago Léman) de "Água Grande" – "Lem an" –, e por isso até hoje ele é assim chamado, em francês, de "Lac Léman". E ele é grande, de fato. Barcos lacustres, barcos históricos com rodas de pás e pequenos ferryboats navegam neste corpo aquático de 582 quilômetros quadrados.

Os celtas chamavam o Lago Genebra (ou Lago Léman) de "Água Grande" – "Lem an" –, e por isso até hoje ele é assim chamado, em francês, de "Lac Léman". E ele é grande, de fato. Barcos lacustres, barcos históricos com rodas de pás e pequenos ferryboats navegam neste corpo aquático de 582 quilômetros quadrados.