Matterhorn – Símbolo da Suíça

Matterhorn – Símbolo da Suíça

O Matterhorn e a Suíça estão inseparavelmente ligados. Essa colossal montanha piramidal, dificílima de escalar, é considerada a mais fotografada do mundo. O Klein-Matterhorn ("Pequeno Matterhorn"), acessível através de um funicular, fica ao lado do Matterhorn.mais

Cataratas do Reno – Quedas d’Água Espetaculares

Cataratas do Reno – Quedas d’Água...

Ficar no alto da maior cachoeira da Europa, sentindo o barulho e as vibrações da água sobre o corpo inteiro – isso pode ser vivenciado nas...mais

Viamala – Os Abismos mais Profundos dos Grisões

Viamala – Os...

Era uma vez uma ravina muito profunda, no Vale Hinterrhein, que todos...mais

Rochers de Naye – Acima do Lago Genebra

Rochers de Naye –...

As rochas proeminentes de Rochers de Naye, acima de Montreux, constituem...mais

Matterhorn – Símbolo da Suíça

O Matterhorn e a Suíça estão inseparavelmente ligados. Essa colossal montanha piramidal, dificílima de escalar, é considerada a mais fotografada do mundo. O Klein-Matterhorn ("Pequeno Matterhorn"), acessível através de um funicular, fica ao lado do Matterhorn.

O Matterhorn e a Suíça estão inseparavelmente ligados. Essa colossal montanha piramidal, dificílima de escalar, é considerada a mais fotografada do mundo. O Klein-Matterhorn ("Pequeno Matterhorn"), acessível através de um funicular, fica ao lado do Matterhorn.

Cataratas do Reno – Quedas d’Água Espetaculares

Ficar no alto da maior cachoeira da Europa, sentindo o barulho e as vibrações da água sobre o corpo inteiro – isso pode ser vivenciado nas Cataratas do Reno, perto de Schaffhausen. De barco, é possível ir a castelos, à Bacia das Cataratas do Reno e até a imponente rocha no meio da cachoeira.

Ficar no alto da maior cachoeira da Europa, sentindo o barulho e as vibrações da água sobre o corpo inteiro – isso pode ser vivenciado nas Cataratas do Reno, perto de Schaffhausen. De barco, é possível ir a castelos, à Bacia das Cataratas do Reno e até a imponente rocha no meio da cachoeira.

Viamala – Os Abismos mais Profundos dos Grisões

Era uma vez uma ravina muito profunda, no Vale Hinterrhein, que todos odiavam. Os viajantes chamavam-na de "o mau caminho". Era um obstáculo na jornada através dos Alpes. Belíssima, mas selvagem e ameaçadora. E hoje, isso é exatamente a razão pela qual se viaja ao Viamala.

Era uma vez uma ravina muito profunda, no Vale Hinterrhein, que todos odiavam. Os viajantes chamavam-na de "o mau caminho". Era um obstáculo na jornada através dos Alpes. Belíssima, mas selvagem e ameaçadora. E hoje, isso é exatamente a razão pela qual se viaja ao Viamala.

Rochers de Naye – Acima do Lago Genebra

As rochas proeminentes de Rochers de Naye, acima de Montreux, constituem um dos pontos de observação mais bonitos da região. A 2.045 metros acima do nível do mar, a vista varre todo o Lago Genebra e os Alpes ao redor. Até as tocas das marmotas.

As rochas proeminentes de Rochers-de-Naye, acima de Montreux, constituem um dos pontos de observação mais bonitos da região. A 2.045 metros acima do nível do mar, a vista varre todo o Lago Genebra e os Alpes ao redor. Até as tocas das marmotas.