Sua escolha: 5 Resultados

Pequena cidade medieval

Rapperswil, na Riviera da parte superior do Lago Zurique, promete a seus visitantes o charme do sul da Europa. mais

Chillon

Rapperswil-Jona

Rapperswil, a cidade das rosas localizada na extremidade superior do Lago de Zurique – e o distrito vizinho de Jona, famoso por suas opções de... mais

Rapperswil-Jona
Do outro lado da histórica ponte de madeira

Do outro lado da histórica ponte de...

A ponte "Seedamm", no Lago de Zurique, conecta Rapperswil, no cantão de St. Gallen, a Pfäffikon, no cantão de Schwyz. mais

Pequena cidade medieval

Rapperswil, na Riviera da parte superior do Lago Zurique, promete a seus visitantes o charme do sul da Europa.

Rapperswil, the Riviera of upper Lake Zürich, promises its visitors southern charm. The small, quaint alleys in the medieval old part of town invite visitors to take a stroll or do window shopping. The Rapperswil castle is perched high upon a hill and contains a Polish museum.

Rapperswil-Jona

Rapperswil, a cidade das rosas localizada na extremidade superior do Lago de Zurique – e o distrito vizinho de Jona, famoso por suas opções de esporte e lazer –, combinam atrações turísticas, vida cultural, caminhadas e esportes em uma atmosfera de férias mediterrânea. O Zoológico das Crianças, um cruzeiro no Lago de Zurique e as 15 mil rosas que florescem no verão são os destaques.

Rapperswil, a cidade das rosas localizada na extremidade superior do Lago de Zurique – e o distrito vizinho de Jona, famoso por suas opções de esporte e lazer –, combinam atrações turísticas, vida cultural, caminhadas e esportes em uma atmosfera de férias mediterrânea.

Do outro lado da histórica ponte de madeira

A ponte "Seedamm", no Lago de Zurique, conecta Rapperswil, no cantão de St. Gallen, a Pfäffikon, no cantão de Schwyz.

A ponte "Seedamm", no Lago de Zurique, conecta Rapperswil, no cantão de St. Gallen, a Pfäffikon, no cantão de Schwyz. A trilha faz uma viagem aos tempos da Idade Média, quando peregrinos que se dirigiam a Santiago de Compostela cruzavam o lago aqui, em uma passarela bamba e sem corrimões. A ponte de madeira histórica é a peça central dessa caminhada plana.