Montreux Jazz Festival

03.-18.07.2015

© flusin FFJM

© flusin FFJM

© flusin FFJM

© flusin FFJM

© Bailly FFJM

© Bailly FFJM

© Ducrest FFJM

© Ducrest FFJM

© Bailly FFJM

© Bailly FFJM

Montreux Riviera

Montreux Riviera

"Aos sonhadores nada é negado!" Esta citação também é válida para um festival, que se encontra em constante movimento. Impulsionado pelo seu exigente ADN, o Montreux Jazz Festival submete a sua estrutura anterior a um novo design permanente – da mesma forma como se cuida de um precioso disco de vinil. No lado A: as três salas, que têm custo de ingresso, com reconhecido programa de estrelas. No lado B: uma variedade de concertos gratuitos, em um repertório que foi submetido a uma ligeira remasterização.

Compartilhe conteúdo

Obrigado pela classificação
O Auditório Stravinski, um colosso acústico, que precede a sua grandiosa reputação. Com uma pátina, que se formou no decorrer dos concertos de ilustres artistas, o auditório desperta para a vida. Em uma atmosfera como esta são criadas verdadeiras lendas: no seu palco principal, soaram as vozes de David Bowie, James Brown, B. B. King, Keith Jarrett, Carlos Santana, Etta James, Patti Smith, Massive Attack, Björk, Radiohead, Leonard Cohen, Deep Purple e Prince... Ah! Se as paredes falassem!

O Montreux Jazz Lab é uma plataforma totalmente nova – tanto interativa como inovadora. Uma mistura crossover de experiências audiovisuais. Os recém-chegados, os nomes importantes, os gratificantes regressos e as dicas secretas, que atualmente estão nas bocas do mundo, fazem do local um ponto de encontro. Com fantásticos concertos de músicos de renome, o Lab proporciona inspiração para experiências sonoras arrojadas e testa-as em um público curioso. E quando a temperatura sobe, tudo se torna ainda mais emocionante: neste caso, o Lab se transforma em um laboratório de misturas eletrônicas que se prolongam pela madrugada.

Claude Nobs quis que o local fizesse referência às suas raízes e criar novamente autênticas experiências sonoras. "Proximidade" é a palavra-chave deste novo clube de jazz. Enquanto uma verdadeira sucursal do festival, é possível encontrar neste local amantes da música e puristas, para experienciar um momento de música totalmente especial. Munido dos mais importantes nomes da prole do jazz ou da composição contemporânea (mas não só!), o clube não está somente ao dispor de seus convidados, mas também dos instrumentos que o clube conserva em uma escuridão revestida a feltro. E quando se trata de sessões de improvisação, o clube mantém as portas completamente abertas...

Comboios, barcos, criações, estes clássicos da música "locais" "em movimento" – tanto no sentido literal como figurativo – proporcionam descobertas sonoras fora de densas paredes. "Grátis" também é um slogan importante no festival. Palcos, clubes e workshops gratuitos: as ofertas são inúmeras e variadas e são o impulso para os participantes se deixarem elevar – e rodeados por um cenário natural infindável!

Selecione uma visão diferente para os seus resultados: