Lago Maggiore

Ticino

O Lago Maggiore estende-se desde a parte de língua italiana da Suíça até o interior das regiões italianas de Piemonte e Lombardia. Graças a seu clima ameno, a vegetação em sua costa é mediterrânica e exuberante. Em sua hinterlândia, há paisagens montanhosas, selvagens e românticas, com vistas deslumbrantes.

Mapa detalhado

Compartilhe conteúdo

  • E-mail
  • Print
Obrigado pela classificação
No lado norte da parte suíça do Lago Maggiore situam-se, no Ticino, alguns resorts de férias bastante conhecidos: Locarno desfruta daquele que é provavelmente o melhor clima da Suíça, com cerca de 2.300 horas de sol por ano e uma temperatura média anual de 15,5° C. A cidade, repleta do charme sulista, tem o atrativo adicional de sediar vários eventos culturais, incluindo o famoso Festival Internacional de Cinema. De Cardada / Cimetta, a montanha mais próxima de Locarno, é possível usufruir de um fantástico panorama do Lago Maggiore. É fácil chegar à plataforma de observação pelo teleférico, projetado pelo renomado arquiteto Mario Botta. A estação da extremidade inferior fica imediatamente acima da famosa igreja dos peregrinos de Madonna del Sasso, em Orselina.

Imediatamente vizinha de Locarno fica Ascona. Situada numa ensolarada baía, esta pequena cidade, elegante e romântica, possui inúmeras butiques e galerias de arte para visitar. Brissago, um pequenino local com becos estreitos e antigos, na fronteira com a Itália, situa-se no ponto mais baixo na Suíça, a 197 metros acima do nível do mar. Nas Ilhas Brissago do lago existe um jardim botânico aberto a visitas, com 1.500 variedades de plantas subtropicais.

Os barcos de recreação do Lago Maggiore fazem o transporte não só a Locarno, Ascona e Brissago, mas também a locais menores ao redor do lago, além de atravessar a fronteira para operar na parte italiana.

A maneira mais fácil de descobrir esta encantadora região é pelo Lago Maggiore Express, uma combinação de trem e barco. A ferrovia de via estreita vai de Locarno, através do Centovalli – o vale de cem vales – até Domodossola, na Itália. Após uma curta caminhada ou almoço, o passeio continua até Stresa, retornando então ao Lago Maggiore. Daqui, você irá de barco – com algumas paradas – até Locarno. Assim como o Centovalli, inúmeros outros vales levam, desde o lago, ao interior do Ticino, incluindo o Vale Verzasca, selvagem e romântico, ou o Vale de Maggia. Há também inúmeros passeios cruzando o Gambarogno Riviera, situado no lado oposto ao lago de Locarno e Ascona.

0 Comentários

Comentar este artigo

Campos marcados com * são obrigatórios.

Selecione uma visão diferente para os seus resultados: