Friburgo

Região de Friburgo

Tomar um café tranqüilamente e admirar as fachadas antigas e os belos chafarizes, ouvir dois idiomas locais ou apreciar o panorama do pináculo de 74 metros de altura da Catedral, com uma vista até longe, no campo – estas são algumas das experiências proporcionadas por Friburgo.

Mapa detalhado

Compartilhe conteúdo

  • E-mail
  • Print
Obrigado pela classificação

Cityguide Friburgo

Cityguide PDF Teaser

As informações mais importantes, excursões, eventos e muito mais.
Uma versão impressa para transportar.
Download (PDF)

A perfect day in Friburgo

Pela primeira vez em Friburgo

Friburgo, situada confortavelmente em uma península rochosa, é cercada em três lados pelo rio Saane. É uma das maiores cidades medievais da Üechtland. Mais de 200 excepcionais fachadas góticas do século XV são responsáveis pelo incomparável charme medieval de seu Centro Histórico.

Baluartes com mais de dois quilômetros de comprimento protegiam a cidade no passado. Remanescências de muralhas, torretas e bastiões continuam preservados. O mais impressionante, porém, é a Catedral de Friburgo, com seus vitrais de extraordinária beleza. Sua construção começou em 1283, prosseguindo em várias etapas. Dedicada a São Nicolau, ela ostenta uma torre de 74 metros de altura, oferecendo uma fantástica vista panorâmica.

Outro bom ponto de observação é a Capela Loreto, construída no barroco antigo em estilo italiano. Do distrito de Neuveville (na Cidade Baixa), um funicular faz o transporte até à zona pedonal da Cidade Alta. Friburgo é uma animada cidade universitária, com muitos estudantes de todo o mundo, que fazem desta uma minimetrópole cosmopolita e multifacetada. Suas ruelas estreitas estão repletas de pequenas butiques, antiquários, cafés e restaurantes estudantis, todos enfileirados em série, oferecendo especialidades locais e estrangeiras.

Um dos destinos preferidos dos amantes da arte é o "Espace Jean Tinguely et Niki de Saint Phalle", abrigado num antigo depósito de bondes elétricos. Outras obras dos dois artistas podem ser encontradas na Trilha de Esculturas no centro da cidade. A Galeria Fri-Art tem exposições de arte moderna. E as crianças vão adorar o Museu de Marionetes ou o educativo Museu de História Natural.

Vale a pena dar passeio na Abadia de Hauterive, abadia cisterciense fundada em 1137, que chegou a funcionar como ponto de paragem na rota dos peregrinos a Santiago de Compostela.

Verão

Friburgo estabelece a ligação entre a cultura latina e germânica e também entre a língua francesa e a alemã. E 15 pontes verdadeiras ligam as margens do rio Saane.

Destaques

  • Centro Histórico de Friburgo – fachadas góticas, belas fontes, cafés e pousadas acolhedoras, cheio do charme de eras passadas.
  • Espace Jean Tinguely et Niki de Saint Phalle – este museu é dedicado ao escultor Jean Tinguely e sua esposa, a artista Niki de Saint Phalle.
  • Catedral de São Nicolau – começou com planos de construção alemã e terminou conforme a preferência dos franceses, com magníficos vitrais.
  • O Funicular de Friburgo – O funicular começou a operar em 1899 e faz a ligação entre o centro da cidade e a cidade baixa.
  • Gruyères – não muito longe de Friburgo fica a vila de Gruyères, onde é possível ver seu famoso queijo homônimo sendo feito numa queijaria de demonstração.
  • Murten – esta pequena cidade medieval localizada às margens sudeste do Lago Murten possui uma muralha de fortificação integralmente preservada, assim como um agradável calçadão à beira do lago, onde há uma grande variedade de esportes aquáticos disponíveis.

0 Comentários

Comentar este artigo

Campos marcados com * são obrigatórios.

Selecione uma visão diferente para os seus resultados: