Fazendo da montanha seu lar. Uma visita à Cabana Turtmann e seus anfitriões, Magdalena e Fredy Tscherrig.

Rolar

Introdução

Dizem que os opostos se atraem: um bom exemplo disso é a aconchegante cabana Turtmann, em meio à paisagem rústica e selvagem das montanhas do Valais. A 2.519 metros de altura, a cabana administrada por Magdalena and Fredy Tscherrig é muito popular entre quem faz trilhas de caminhada e também entre montanhistas. A simplicidade da vida aqui em cima que atraiu os anfitriões também encanta os hóspedes.

Cabana Turtmann, Valais

A Cabana Turtmann fica no fim do intocado Vale Turtmann, no coração dos Alpes de Valais.

Mapa

Mapa
Turtmann
Valais
Abrir no mapa

Que subida!

Rolar

A terceira geração na montanha

Fredy e Magdalena atendem os hóspedes a qualquer hora do dia ou da noite. Eles recebem caminhantes e montanhistas há 23 anos.
Não é um emprego de horas regulares: eles não se importam de acordar às 4 da madrugada para preparar o café da manhã e uma garrafa térmica de chá para seus visitantes.

Madalena e Fredy Tscherrig

Qual é o momento que os anfitriões gostam mais?

Quando os visitantes chegam da trilha suados e cansados e pedem uma cerveja bem gelada ou um copo de vinho branco gelado. Nem sempre a Cabana Turtmann tem eletricidade, portanto os Tscherrigs não podem garantir bebidas geladas. Mas os visitantes nem se importam.

Eu aprecio muito essa atitude tranquila e positiva de nossos hóspedes.
Madalena Tscherrig, administradora da cabana

O trabalho na cabana é bem variado.

Fazer reservas, coordenar as compras, cozinhar, limpar, fazer camas, fazer um bolo Floresta Negra – especialidade imperdível da casa. 
Fredy e Magdalena Tscherrig e seus colaboradores formam uma grande equipe. Cada um tem suas tarefas, e mesmo depois de tantos anos, eles ainda se divertem trabalhando.

A mountain hut with a history.

The Turtmann Hut was built in 1928. It undergoes regular renovation and was extended in 2000, and now has 74 beds. It offers a magnificent view of the Turtmann Glacier and over imposing mountains, including Bishorn, Barrwand and the Diablon massif.

É um privilégio poder viver e trabalhar aqui em cima.
Magdalena e Fredy Tscherrig, administradores da cabana

Da cabana à montanha.

Além de trabalhar como administrador da cabana, Fredy Tscherrig também é guia especializado e acompanha visitantes em trilhas de montanha e geleira, principalmente as localizadas perto da cabana.

O Barrhorn chama.

Subindo cada vez mais alto.

Com 4.153 metros, a montanha vizinha Bishorn é considerada uma das mais fáceis de escalar. Mesmo montanhistas relativamente inexperientes conseguem chegar ao topo com um guia especializado.

Como alternativa, é possível enfrentar o Barrhorn, um dos mais altos picos da Europa – apesar de sua altura de 3.610 metros, seu cume pode ser alcançado sem equipamento especial. A partir da Cabana Turtmann, os visitantes podem embarcar num desafio de um só dia para chegar ao cume, com ou sem guia de montanha.

Outras informações sobre a viagem.

Um destaque menos conhecido: A Geleira Turtmann

Rolar

O permanente murmúrio da Geleira Turtmann

A Cabana Turtmann também abre o inverno, quando recebe principalmente praticantes de esqui. Os Tscherrigs comentam que antigamente tudo era silêncio lá no alto durante o inverno, pois a geleira tomava conta de tudo. Mas hoje se ouve o barulho de água de degelo correndo por pequenos riachos e cascatas durante todo o ano. A geleira já recuou bastante. Quando Fredy era criança, ela chegava até o Lago Turtmann.

Uma xícara de café quentinho cai muito bem antes do tour de montanha.

Manhãs mágicas.

Nos fins de semana e quando o tempo está bom, a cabana fica bem movimentada, o que significa que os dias começam cedo e terminam tarde para os Tscherrigs.

A manhã é o momento do dia que eu mais gosto na cabana.
Fredy Tscherrig, administrador da cabana

As montanhas estão chamando.

“Depois do café, todo mundo quer logo sair e continuar a viagem. Há uma energia muito grande no ar", diz Fredy com um sorriso, retomando ao mesmo tempo o trabalho que estava fazendo.

Caminhadas no entorno da Cabana Turtmann

Uma cabana, muitas possibilidades. A subida até a cabana é fácil, e pode ser combinada com uma caminhada pelo Vale Turtmann. A rota mais rápida para chegar até a cabana é caminhar duas horas a partir do estacionamento Vorder Sänntum.

  • 3.610 metros acima do nível do mar Altura do Barrhorn, um dos destinos de caminhada mais populares a partir da Cabana Turtmann.
  • 7 a 8 horas Tempo necessário para subir e descer o Barrhorn a partir da cabana Turtmann.
  • 9km e 1.100m A caminhada de sentido único tem 4,5 quilômetros de comprimento e subida total de 1.100 metros
  • 2 a 3 dias É a duração ideal para uma caminhada pelo Vale Turtmann com subida até o Barrhorn.