Introdução

O design de moda suíço é largamente desconhecido a nível internacional. Ainda que tenha potencial, na maioria dos casos consegue um nicho regional e raramente um nicho nacional.

Akris pertence às raras exceções. A marca tem sede em São Galo e há setenta anos que produz elegantes vestidos – criações, que também podem ser vistas nos desfiles de moda em Paris e na Vogue, e que têm clientes proeminentes em todo o mundo. A razão do sucesso é Abert Kiemler, que pertence à terceira geração que administra a casa de moda. Desde que foram lançadas por Kriemler nos anos 1980, foram abertas lojas em todos os locais de referência do mundo da moda, como Paris, Viena ou Tóquio.

Estilistas suíças de moda feminina internacional

Entre as estilistas de moda suíças com sucesso internacional encontra-se Dorothée Vogel, com marca do mesmo nome. Antes disso, tornou a marca Annex conhecida nas Fashion Weeks de Nova Iorque. As suas coleções não estão vinculadas a tendências nem são características de uma determinada época, mas são chiques e descontraídas. Uma das características de Vogel sãoo os tecidos estampados, que desenvolve individualmente ou em colaboração com outros artistas.

Ida Gut pertence também ao grupo de estilistas de moda do país e é considerada mestre do corte. O conforto e a funcionalidade estão no centro das suas criações. O design é simples, as cores discretas. Com as suas criações, Ida Gut apela à mulher moderna, discreta, cheia de energia e dinamismo. As suas coleções são produzidas na Suíça, bem como as da marca de moda LBD Little Black Dress. A marca de moda de Zurique dedicou-se exclusivamente ao vestido para mulher. As duas estilistas, Eliane Diethelm e Joanna Skoczylas conseguem apresentar sempre novas criações do vestido preto curto, partilhando uma paixão por vestidos bonitos, tecidos nobres e cortes impecáveis.

Moda elegante

As marcas klein basel e Claudia Güdel são conhecidas na Basileia e representam uma moda irreverente e elegante, com detalhes agradáveis. Bastante conhecida é também Christa de Carouge, da Basileia, pelas suas túnicas largas, flutuantes, sobretudo em preto. A “dame en noir” entende o vestido como uma capa intemporal, dentro da qual a “mulher” mora. Em 2013, De Carouge despediu-se do mundo da moda.

Talentos futuros

Entre os talentos jovens emergentes encontram-se Kazu Huggler, Julian Zigerli, PortenierRoth ou Laend Phuengkit.

Feiras de moda

Para os que se interessam pela criação de moda suíça e sobretudo por talentos emergentes, existem uma variedade de feiras de moda e design que podem visitar. Por exemplo, a Mode Suisse, uma feira de moda, realizada duas vezes por ano, em Zurique e Genebra, a Blickfang, uma feira anual de moda e design que se realiza na Zürcher Kongresshaus, a Luzerner Designtage Design Schenken ou a Mercedes-Benz Fashion Days Zurich.