Caminhos secretos Agroturismo na Suíça.

Rolar

Introdução

Desde 2010, a família Krähenbühl administra em La Ferrièrre suas "três linhas de negócios": fazenda, trekking e hospedagem. Quem não quer fazer só um passeio curto e prefere aproveitar uns dias de ar puro pode também pernoitar na fazenda.

Chasseral Outdoor, La Ferrière.

A fazenda no Jura de Berna oferece várias opções de pernoite: Quartos rústicos em uma casa de fazenda com mais de 300 anos ou acomodação coletiva para grupos grandes ou turmas de escolares.

 

Descubra outras opções de pernoite:

Mapa

Mapa
La Ferrière
Jura & Três Lagos
Abrir no mapa

Nas pegadas dos contrabandistas. Trekking com mulas no Jura de Berna.

Rolar

Trekking em caminhos secretos.

A caminhada começa na fazenda «"Chasseral Outdoor" e chega até a margem do Rio Doubs por um caminho de terra batida. Dizem que essa era a trilha usada pelos contrabandistas para levar suas mercadorias para cima e para baixo, sempre na surdina. No século XIX, os itens contrabandeados seriam peças de relógios em prata e ouro. Depois da guerra, açúcar e fósforos. Mas o contrabando não floresceu aqui como nos outros cantões, diz Tony Krähenbühl.

 

Brincadeira de criança.

Fazer trekking com mulas é um programa divertido também para crianças e jovens, que adoram poder montar nos animais durante parte do trajeto. Outra atração são os cães criados na fazenda, sabujos suíços que muitas vezes acompanham o grupo.

 

À procura de aventuras.

No passado, os Krähenbühls passavam muitos dias na estrada. Hoje os trekkings com mulas têm duração de um a dois dias. O percurso atravessa a paisagem montanhosa pitoresca do Jura – e segue alguns trechos do antigo caminho de contrabando.

 

  • 3000 anos A criação de mulas vem desde a Antiguidade.
  • 50 anos As mulas vivem de 45 a 50 anos, ou até mais.
  • 60 km/h Uma mula é capaz de chegar a 60 quilômetros por hora durante curtos períodos
  • 1,90 m. Dependendo da raça, as mulas podem ter até dois metros.
Por um punhado de aveia, as mulas fazem o que você quiser.
Tony Krähenbühl

Idílio puro. Pernoite na fazenda.

Rolar

Empenho e muita dedicação.

Na fazenda de Tony e Beate Krähenbühl vivem 50 bovinos da raça Highland, 20 mangalitsas e 10 mulas, além de lebres, cães e cabras –. O casal também acolhe crianças como filhos adotivos, que aqui podem voltar a se sentir seguros. Segundo um dito popular, trabalhar no campo faz as pessoas criarem raízes.

 

Viver da natureza.

Tony é um caçador dedicado e prefere passar seu tempo livre na natureza. Graças a ele, os hóspedes podem degustar carne de caça além dos pratos de carnes próprias da fazenda. Beate e Tony gostam de boa comida, e compartilham com seus hóspedes várias delícias da região.

 

Sabujos suíços do Jura.

Os sabujos suíços são uma raça de cães conhecida há 1000 anos. São companheiros ideais em caçadas e também acompanham os Krägenbühls durante as caminhadas. A família começou a criar cães dessa raça na sua fazenda em 2007.